Notícias

10 Regras importantes para conviver em casal

Antes de tudo, saiba que um casamento perfeito não existe. Essa história de ter sucesso no casamento é bonita, mas às vezes a vida nos coloca em algumas situações em que os sentimentos e as emoções se misturam e o que era simples, torna-se complicado.

 

1. Dedicação
Muitas vezes, imaginamos que o casamento é um conto de fadas. Na verdade, para qualquer casamento dar “certo” ele precisa antes de tudo; de dedicação. Para isso, veja que legal nossa relação de dicas e aos poucos, tente colocá-las em prática.

 

2. Diferenças
Saber valorizar as diferenças é algo difícil, mas especialistas afirmam que ninguém consegue mudar da noite pro dia. Nessas horas, ceder um pouco as próprias opiniões e aceitar as diferenças do seu parceiro pode ser o primeiro passo para obter mais harmonia na relação.

Saber ouvir ajuda o casal a compreender um ao outro, principalmente durante as discussões. Compreendendo melhor seu parceiro, a compreensão dos dois, como um casal evolui; e as diferenças são usadas para algo produtivo.

Além disso, valorizar as semelhanças também pode ser uma ótima saída. Ao invés de sempre destacar as diferenças, procure encontrar aonde vocês se conectam, quais as opiniões e atitudes que fazem vocês um casal.

Mas, lembre-se: Não estamos falando para você se anular e deixar seus programas, seus gostos e opiniões de lado. Exaltar as semelhanças é uma forma de enxergar a situação positivamente, não quer dizer que você precisa deixar de preservar seus interesses.

 


3. Individualidades
Sim, vocês são um casal, mas a individualidade de cada um não precisa morrer. Se você tinha o costume de almoçar com as amigas, não pare! Um casal saudável continua a praticar os hobbies individuais de cada um, mas para que a história seja contada, o espaço de cada um deve permanecer.

Às vezes até guardar certos segredos e não compartilhar cada detalhe da sua vida. Claro que você não vai esconder algo que seja negativo para a relação, mas fica mais interessante ele conhecer aos poucos seus mais secretos segredos, comportamentos e pensamentos.

 

4. Namorados para sempre
Não é porque vocês estão casados que vocês não precisam mais conquistar um ao outro. Continue sendo a mulher que ele se apaixonou. Pode parecer cafona, mas caprichar na aparência, usar uma lingerie mais apimentada, se arrumar para o seu homem e principalmente para você! A autoconfiança é um quesito fundamental para a sedução e ela não pode morrer só porque vocês casaram.

 


5. Ser mais tolerante
A reação pode transformar “nada” em uma avalanche. Por isso, evitem tirar conclusões precipitadas e dar vazão as reações instintivas. Controlar a forma que vocês reagem perante as diferenças, aos problemas e as dificuldades é ingrediente fundamental para não desgastar a relação. A impaciência é o motor para as brigas e conflitos.

 

6. Mas, e o sexo?
Cultive o desejo fora da cama. O fogo do comecinho pode não durar a vida toda, mas um convívio gostoso é meio caminho para manter o interesse sexual aceso. Se a relação do casal está equilibrada, o desejo fica. Por isso, para mantê-lo queimando vale tudo. Preparar pequenas surpresas, um café na cama, um champanhe no meio da semana, um presentinho fora de data. Ninguém resiste a um bom mimo.

 


7. Confiança
Ela é o ingrediente principal para qualquer relação. Por isso, se algo acontecer e você não pode acompanhá-lo em uma viagem a trabalho ou até mesmo um programa, você precisa confiar. Se ele tem que viajar sozinho, pense que delícia será quando ele voltar, ao invés de pensar no que ele faz ou deixa de fazer. A expectativa de reencontros são temperos para a relação. O friozinho na barriga é saudável, é gostoso e faz bem.

O ciúmes às vezes é saudável, mas domá-lo é fundamental. O velho e bom diálogo ajuda nos momentos em que o ciúme for inevitável. Se existir conversa e confiança, existe liberdade individual. Temos mil motivos para desconfiar, mas confie antes!

 

8. Cada casal é um casal
Se sua melhor amiga chega em casa e faz a janta para o marido enquanto ele vê TV, você não tem nada a ver com isso. Cada casal cria o próprio modo de viver. Observando a rotina de cada um, é possível dividir as tarefas igualmente e estabelecer uma certa ordem no casamento, na casa e na vida a dois.

Por isso, não escolha nenhum casal como exemplo. Pense no seu casamento, na sua relação e a partir daí, criem juntos a engrenagem que irá fazer o motor continuar girando.

Além disso, é extremamente importante vocês manterem discrição da vida de vocês. Se existe um conflito, converse com ele quando estiverem a sós. Evite falar dos problemas e da vida de vocês para os outros. A vida de um casal deve ser protegida.

 


9. Quanto custa?
Dinheiro pode causar muita briga. Não importa quem ganha mais ou menos, é preciso definir quem paga o quê, quanto e vocês precisam entrar em um acordo. Nem precisamos falar que torrar dinheiro escondido ou com bobagens pode causar sérios problemas. Saiba que a infidelidade financeira é um dos problemas mais comuns entre os casais. Nessas horas a conversa é primordial.

 

10. Detalhes tão pequenos de nós dois
Tirem um dia para rever fotos antigas, vídeos e relembrar momentos já vividos. Reviver a história e conversar sobre as coisas boas que viveram é um estímulo para imaginarem o quanto ainda podem viver momentos especiais um com o outro.

Lembre-se o casamento não é única fonte de felicidade. Não deposite expectativas excessivas na relação, o mais importante é viver um dia após o outro. Não engane seu coração e escute o que você sente. Se você apostar tudo no seu casamento, a expectativa pode tornar-se frustação. Por isso, esteja bem com você mesma, acredite em você e viva essa história de coração aberto e seja sempre sincera com você mesma e com ele também.